O que é preciso para se tornar um empreendedor digital?




Você já deve estar careca de saber que a internet abriu infinitas portas em termos de oportunidades para quem deseja construir um negócio próprio no universo virtual.


E não é para menos! O empreendedorismo digital tem sido a “bola da vez” nos últimos anos, e a pandemia de Covid-19 foi um divisor de águas nesse processo.


Além de as empresas instaladas no offline migrarem ao menos uma parte de suas atividades para o online, um sem número de novos empreendimentos exclusivamente voltados para a internet surgiram - e continuam surgindo todos os dias - desde então.

Mas você sabe o que é preciso para se tornar um empreendedor digital?


Então, fica com a gente nesse artigo! Vamos mostrar que pode acontecer mais cedo do que se imagina, desde que você tenha, principalmente, boas estratégias de negócios, disposição para superar os desafios e um planejamento financeiro e tributário que assegure o caminho rumo ao sucesso.

Por que apostar no empreendedorismo digital?

Já ficou para trás o tempo em que realizar compras ou qualquer outro tipo de transação financeira pela internet era motivo de insegurança e desconfiança por parte das pessoas.


O comércio eletrônico de produtos e serviços definitivamente caiu no gosto dos consumidores, o que abre um leque inesgotável de oportunidades em termos de negócios.


Uma das grandes vantagens dessa nova realidade é que o empreendedorismo digital custa bem menos para ser implantado do que um negócio offline, especialmente por não demandar investimentos em espaços físicos.


Além disso, o empreendimento online pode começar de forma individual.


Isso significa que profissionais de atividades tão distintas quanto infoprodutores e proprietários de e-commerce e dropshipping, entre outros, podem obter seu CNPJ como microempreendedor individual (MEI) e deem os primeiros passos.


Posteriormente, quando os negócios crescerem e os resultados financeiros se consolidarem, vale a pena ao empreendedor digital considerar a migração do MEI para microempresa (ME).

Mas o que realmente é preciso para se tornar um empreendedor digital?

Para começar, o postulante a ter um negócio na internet precisa ter ganas de fazer acontecer, o que algumas pessoas chamam de “ter sangue nos olhos” e “trabalhar com a faca nos dentes”.


Mas só vontade não basta! Também é necessário:


Ter um computador conectado à internet e uma ideia irresistível na cabeça

“Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça” foi um lema marcante entre os cineastas brasileiros do século 20.


Agora, no entanto, estar conectado à rede mundial através de um computador é o ponto de partida para qualquer pessoa que queira empreender no universo digital, colocando em prática ideias que irão atrair, impactar e conectar os consumidores.


Planejar cada passo do empreendimento

O planejamento começa com uma pesquisa que vai mostrar o nicho de mercado que mais desperta nas pessoas o desejo de consumir o seu produto ou serviço.


Nesse sentido, também é importante conhecer a concorrência e identificar o que pode ser entregue como diferencial aos futuros clientes.


Com essas informações, é possível traçar o planejamento financeiro que vai permitir entender o tamanho do investimento inicial, elaborar o plano de negócios e estabelecer um cronograma para cada etapa de implantação do empreendimento.


Entender a jornada do cliente

Temos aqui um exercício de “empatia empreendedora”, no qual você vai se colocar no lugar do cliente para entender porque, como e quando ele vai consumir o seu produto ou serviço.


Simular a jornada do cliente desde o momento em que ele conhece a sua empresa digital até a hora da compra é um exercício necessário para entender aspectos como:

  • de que forma ele pode ser estimulado a concluir a compra;

  • como fazer para que ele retorne outras vezes;

  • se existem gargalos que podem levá-lo a desistir da compra;

  • como melhorar a comunicação com o consumidor, aumentando a captação de novos clientes;

  • o que deve ser feito para que a experiência do consumidor seja sempre satisfatória, garantindo sua fidelização.

Investir em Marketing Digital

As estratégias de divulgação do seu empreendimento digital devem contemplar as diferentes possibilidades que a internet proporciona.


A começar pelas redes sociais, utilizando o que cada uma tem de melhor.

Quer divulgar imagens e vídeos? Esteja presente no Instagram!


Prefira o Facebook, Twitter e o Linkedin para fazer posts que descrevam e tratem dos benefícios do seu produto ou serviço.


Em outra frente conteudista, construa um website e produza um blog, com artigos que abordem todos os aspectos relacionados ao mercado que você deseja atingir e que tentem responder às dores e as necessidades do seu público.


Além de toda essa divulgação orgânica, voltada essencialmente à atração, conexão e engajamento das pessoas, invista também em uma estratégia de anúncios, com campanhas rodando no Google e na dobradinha Facebook / Instagram.


Com tudo isso, seu poder de alcançar o público desejado irá crescer gradativamente, atraindo os consumidores certos para o seu produto ou serviço.


Mais do que isso, você verá que o seu empreendimento digital começará a escalar, com resultados cada vez mais interessantes em sua conta-corrente.


Manter-se sempre atualizado

Olhar somente para o próprio umbigo é um erro que pode ser fatal.


É preciso estar atento ao que a concorrência está fazendo, para não arriscar ver o seu produto ou serviço ser preterido pelos clientes, ou tornar-se obsoleto frente ao mercado.


O surgimento de novidades tecnológicas deve estar sempre no radar, pois elas podem representar uma oportunidade para, por exemplo, otimizar o negócio digital ou melhorar o padrão de atendimento e de divulgação do seu produto ou serviço.


Persistir frente às dificuldades

Ajustes de rota e mesmo mudanças mais profundas no plano de negócios podem ser necessárias se os resultados esperados não estiverem surgindo.


Situações como essa podem não ser as ideais, mas são normais para quem está começando. O importante é manter a calma, analisar a situação friamente e identificar o que precisa ser alterado para que o negócio possa decolar.


Dica extra: busque o suporte de um escritório de contabilidade

O sucesso de qualquer empreendimento não depende apenas da experiência prévia e do conhecimento técnico que se tenha a respeito das atividades-fim realizadas pela empresa.


Uma boa gestão administrativa e financeira é fator determinante para manter a saúde do negócio em alta.


A PJ Plus é um escritório de contabilidade especializado em negócios digitais, que oferece o suporte que os novos empreendimentos na internet necessitam para dar os primeiros passos com toda a segurança contábil, tributária, fiscal e jurídica que necessitam.


Entre em contato com os nossos especialistas e saiba como a contabilidade digital vai te ajudar a construir o seu negócio de um jeito bem descomplicado!

6 visualizações0 comentário

Descomplique sua contabilidade! Fala com a gente.