Como funciona a contabilidade para e-commerce



As compras online explodiram depois da pandemia. Assim, como a quantidade de pessoas interessadas em começar um negócio de vendas online. Se você está neste grupo, precisa saber como funciona a contabilidade para e-commerce.


Porque, se você deseja abrir uma loja virtual, saiba que sua funcionalidade tem burocracias e regimentos iguais aos de uma loja física.


Confira neste artigo, como funciona a contabilidade para e-commerce e como ela pode te ajudar a crescer um negócio tão promissor!


Como funciona a contabilidade para e-commerce


Abrir um negócio digital exige o mesmo cuidado que um empreendimento físico. Logo, a contabilidade para e-commerce pode te ajudar a estar em dia com os requisitos legais e contábeis. Isso é condição sine qua non para ter sucesso no seu negócio!


O e-commerce é uma atividade que pode atuar como pessoa física ou jurídica. Porém, para que o negócio prospere ter um CNPJ é essencial!


Por isso, o contador é um profissional que deve estar sempre do lado do empresário que almeja crescimento!


Veja abaixo os passos para você se tornar pessoa jurídica!


4 passos para regularizar seu e-commerce


Elabore um Contrato Social


Após o estudo de mercado e elaboração do plano de negócios, o contrato social é o início para regularizar seu negócio.


Nele deve constar: endereço da sede, nome/documentos dos sócios e funções, ramo de atuação, dados da conta bancária da empresa.


Este documento dará início a toda a regularização da empresa.


Registro na Junta Comercial


Com a apresentação do contrato social e demais documentos, abaixo descritos, você estará apto para o próximo passo: obter o CNPJ!


Alvará de Funcionamento


Após o CNPJ, você terá que se apresentar à prefeitura da sede da sua empresa e solicitar o alvará. A necessidade deste documento vai depender da atividade exercida.


Inscrição Estadual


Após, liberado pela Secretaria da Fazenda do Estado o cadastro do ICMS - seu negócio está apto a emitir Nota Fiscal de produto.


Ufa! Após esse exaustivo itinerário você é pessoa jurídica!


Dica?


Pense em contratar um escritório de contabilidade para abrir sua empresa. Com o know how do contador e equipe, a abertura terá eficácia/eficiência e os gastos reduzidos.


Escolhendo o Regime Tributário


Em paralelo à abertura da empresa, o contador e você devem analisar criteriosamente:

Veja aqui os 03 tipos de regime tributários:


MEI - Microempreendedor Individual


Essa categoria de tributos é interessante para quem está começando. Tem algumas regrinhas, mas ainda assim é bem bacana.

  • Não pode ter sócio!

  • Não pode ultrapassar de R$ 81 mil/ano de faturamento!

Confere as taxas, que devem ser pagas mensalmente através do DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional - para e-commerce:

  • para aquelas lojas que vendem produtos, a taxa é de R$ 47,70/mês, mais R$ 1,00 sobre ICMS;

  • para lojas que comercializam serviços, as taxas acima mais R$ 5,00 em relação ao ISS;

  • já àquelas que trabalham com produtos e serviços devem arcar com os impostos base, somados a R$ 6,00.

Sabia que sendo MEI você não é obrigado a emitir notas fiscais de vendas para o consumidor PF?


Ah! Também não é necessário escriturar os livros fiscais e contábeis!


Simples Nacional


Para empresas que faturam até R$ 4,8 milhões/ano; as alíquotas variam 4,5% e 16,93% - calculadas conforme o tamanho da empresa e faturamento dos últimos 12 meses.


É uma tributação que preza a simplicidade: menos burocracia e uma só guia para os impostos:

  • federais (IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, IPI);

  • previdenciário (INSS);

  • estadual (ICMS) e

  • municipal (ISS).

Lucro Presumido


Atendendo a pequenos e médios negócios, o faturamento é limitado até R$ 78 milhões. A Receita Federal define a alíquota do Imposto de Renda e do CSLL!


Lucro Real


Para empresas que faturam mais de R$78 milhões/ano! Esse é um regime mais complexo. Vale ressaltar, que para chegar aos impostos, calcula-se a receita menos os custos.


Visto as especificidades acima, vai uma segunda dica: conte com ajuda do contador na escolha do regime tributário.


Até aqui, pouca diferença com a loja física, não é? Contudo, continue lendo! Você vai perceber que as diferenças existem!


Ah, e como existem! Logo de cara você vai notar um pouco mais de complexidade quando se trata de impostos para as lojas virtuais.


Veja aqui!


E-commerce e os tributos


Não vacile, confira abaixo as especificidades dos impostos: ICMS, ICMS-ST e ISS para o e-commerce.


ICMS


Seu e-commerce realiza vendas interestaduais? Sim? O recolhimento é apenas pelo Estado de destino da compra. Com a variação de 7% ou 12% das alíquotas, sobre o valor de cada mercadoria. A cota vai variar por estado!


ICMS-ST


Você deve estar se perguntando: putz! Outro tipo de ICMS? Isso mesmo! Mas, não se assuste, e, vamos nessa!


Trata-se de uma substituição tributária.


Vamos supor que sua empresa venda eletrodomésticos, nesse caso, quem vai pagar o imposto é o fabricante do produto. Contudo, nem todas as mercadorias se encaixam nessa tributação.


Hummm… complexo, hein?


ISS


Seu e-commerce está voltado para o setor de serviços? Então este é um imposto que deverá ser recolhido na cidade que sua empresa prestou o serviço.


A alíquota varia entre 2% e 5% - a depender do município. A cobrança pode ser feita por cada serviço ou através do DAS. Percebeu como tem particularidades à beça?


Então, forme uma parceria com um contador, que seu negócio vai andar de boa! Mas, faça uma escolha cuidadosa!


Contador: o parceiro necessário!


Após todos os pontos acima, acredito que você já percebeu a importância da contabilidade para e-commerce. É assim que a saúde financeira da sua empresa será mantida e os planejamentos financeiro e contábil estarão sempre atualizados!


Mas, não se preocupe, assim como a sua empresa, existem escritórios de contabilidade 100% online e inovadores!


Todas as contas e demais fluxos vão funcionar redondinhas com a Contabilidade Digital e a contratação do BPO Financeiro! Assim você e seu consultor contábil terão um só objetivo: crescimento e sustentabilidade do seu negócio!


Dúvidas ainda? Sempre teremos disponibilidade para te ajudar, com todos esses serviços acima e muito mais! Consulte-nos!

33 visualizações0 comentário

Descomplique sua contabilidade! Fala com a gente.